Audio Caminhando na Fe



Audio Misericordia no meu dia a dia



Audio Minha igreja, nossa barca!


Frei Galvão

Nascido Santo Antônio de Sant'Ana Galvão (Guaratinguetá, 1739 — São Paulo, 23 de dezembro de 1822) foi um frade católico brasileiro. Uma das figuras religiosas mais conhecidas do país, Galvão foi canonizado pelo Papa Bento XVI em 11 de maio de 2007, tornando-se o primeiro santo nascido no Brasil. Continuar lendo...

 

 

São Tomás de Aquino
Sermão sobre o Credo
Durante a Quaresma de 1273, S. Tomás, entre outros sermões, proferiu este, que é uma das mais perfeitas exposiçoes que existem sobre o Credo. Pronunciado em dialeto napolitano, foi traduzido fielmente (conforme atestam os testemunhos históricos) para o latim, pelos discípulos do Santo. Continuar lendo...

 

A Agonia de Jesus
Pelo Santo Padre Pio

Espírito Divino iluminai a minha inteligência, inflamai o meu
coração, enquanto medito na Paixão de Jesus.
Ajudai-me a penetrar nesse mistério de amor e sofrimento do
meu Deus, que, feito homem sofre, agoniza, morre por mim.
Ó Eterno, ó Imortal, descei até nós para sofrer um martírio inaudito,
a morte infame sobre a cruz no meio dos insultos, de impropérios
e ignomínias, a fim de salvar a criatura que o ultrajou e continua a atolar-se na lama do pecado.... Continuar lendo

Autobiografia
de Santo Inácio de Loiola

Dá-se com toda a justiça o nome de Autobiografia (ainda que ao longo da história tenha aparecido sob outras designações), ao relato que Santo Inácio fez da sua vida ao P. Luís Gonçalves da Câmara2. Santo Inácio não escreveu as suas memórias de sua própria mão, mas a reprodução das suas palavras é tão fiel, que é como se ele as tivesse escrito. O P. Câmara e outros historiadores dizem que Santo Inácio as ditou e que o seu confidente as tomou dos seus lábios; expressões estas que nos revelam que este relato, ainda que traçado por pena alheia, conserva toda a espontaneidade de uma verdadeira autobiografia...Continuar lendo

 

“Jesus os chamou e lhes disse: Como sabeis os que são considerados chefes das nações as mantém sob seu poder, e os grandes,
sobe seu domínio. Não deve ser assim entre vos.
Pelo contrario, se alguém quer ser grande dentre vos,
seja vosso servo, e se alguém quer ser o primeiro entre vos,
seja o escravo de todos. Pois o filho do Homem veio,
não para ser servido, mas para servir
e dar a vida em resgate pela multidão”
(Marcos 10, 42 a 45).

Do livro Batalha Espiritual
Pe Alberto Luiz Gambarini

Copyright 2009 Desenvolvido por LCFelipe Todos direitos reservados

 
Baixe o APP(Android)
Baixe o APP(Iphone/iPad)
Baixe o APP(Windows Phone)
Baixe o APP(BlackBerry)
Baixe o APP
Ouça a Radio



Visite tambem
o Blog
Católicos de Atitudes